10 Dicas Para Aprender Uma Nova Língua

Aprender novos idiomas não só traz novas experiências para nossa vida, como também pode ser um diferencial no momento de seleção de uma vaga, até se sair bem em uma entrevista de emprego! Todo aprendizado requer tempo, dedicação e muita paciência. Imagina existir algumas dicas que fazem esse processo se tornar mais rápido e gostoso de se viver? Ia ser um sonho, né? Esse sonho se tornou realidade! Listamos aqui para você 10 dicas que irão te levar a um outro nível de aprendizado, e no final do processo você vai estar fluente no novo idioma.

1- Saiba o porquê você está fazendo isso

Pode parecer óbvio mas se você tiver um motivo, uma razão para aprender um novo idioma, a probabilidade de desmotivar, é bem baixa. Aprender por aprender, você arruma outra coisa mais fácil. Mas se metas forem estabelecidas, e se o objetivo final for motivado, o processo de aprendizagem fica mais tranquilo e focado. Não interessa o tamanho desse objetivo, uma vez que você decidiu aprender um novo idioma, o principal é se manter motivado para firmar essa escolha.

2- Mergulhe de cabeça

Agora que você tem um objetivo para cumprir, chegou a hora de mergulhar de cabeça nesse desafio e aprender um novo idioma! Especialista dizem que se você praticar todos os dias o seu novo idioma, você acostuma o seu cérebro com essa rotina e reduz o tempo de aprendizado completo. Principalmente no início, você deve absorver o máximo possível. Pense, fale em voz alta, coloque nomes em objetos, escreva!

Escreva WhatsApp para você mesmo, todo na língua nova e descubra se você esta indo bem, perceba onde está errando. Só assim terá evolução e excelência. Escute músicas, assista filmes sem legenda, isso tudo é mergulhar de cabeça no novo idioma.

3- Encontre um parceiro

Chega um momento do aprendizado que é necessário uma parceria para conversar, compartilhar dúvidas, trocar experiências e montar novas metas. Uma parte importante de ter alguém aprendendo junto com você é que a pessoa pode te motivar quando o desânimo bate, ou vice e versa. Estímulos, desafios e até mesmo algumas brincadeira fazem com que o novo idioma se enquadre nas pautas de conversas, nos momentos de diversão e até nos de pressão!

4- Concentre-se naquilo que é importante

Existe um limite na parte de aprender um idioma. Um limite no que é teórico, com o que é prático. Chega um tempo que se perder em livros didáticos e vídeos no YouTube não são mais suficientes para te passar para o próximo nível. Ter conversas verdadeiras, e aplicá-las em situações do dia-a-dia, te ajudam quando, por exemplo, você viajar para o exterior. Foque no que realmente é importante você saber! Às vezes saber gramática demais, saber ouvir e ler, não são suficientes quando, para o seu objetivo final, o conversar era essencial! Claro, seria ótimo você saber pelo menos o básico de tudo! Mas invista o seu tempo no que vai ter trazer mais resultados, principalmente no seu dia-a-dia.

5- Divirta-se com o aprendizado

Quando você decide aprender um novo idioma, isso já prova que você é uma pessoa criativa. Qualquer aprendizado requer investimento de tempo, e aplicar isso todos os dias da semana, pode ser tornar chato e cansativo. São nesses momentos que você precisa usar a sua imaginação e tentar se divertir com o aprendizado do novo idioma.

Desenhe histórias com diálogos, monte um programa de rádio, escreva músicas, brinque de mímicas com a nova língua, e fale muito. Onde você puder aplicar a conversação, aplique. Se divertir aprendendo um novo idioma é uma ótima forma de investir o seu tempo.

6- Vire criança novamente

Cuidado com essa dica! Não é para você voltar a fazer bagunça, chorar por causa de tudo, não gostar de comer vegetais e nem de tomar banho. A ideia de você virar criança novamente é para aprender como uma! As crianças aprendem bem melhor que os adultos. Isso tem a ver com a quantidade de responsabilidade e ocupação durante o dia, e não simplesmente com a idade. A ideia de se tornar um “pirralho” de novo é sobre espontaneidade ao falar as coisas, o jeito que brinca com tudo, sem medo de dizer bobagens ou errar. Trabalhar dessa maneira com seu novo idioma, te trará um aprendizado mais limpo e mais intenso.

7- Saia da sua zona de conforto

Topou se tornar criança de novo? Ótimo! Tenha consciência que quando você cometer erros, algumas situações podem ser um pouco constrangedoras.

Eu sei que isso pode dar uma insegurança, e até vontade de desistir! Tenha consciência que isso é necessário para o seu desenvolvimento e progresso. Você não consegue aprender um idioma completamente sem se mostrar, ou seja, converse com estrangeiros, pergunta qual a melhor rota, peça um almoço em algum restaurante, conte uma história ou cante uma música. Quanto mais você aplicar isso no seu dia-a-dia, maior será a sua zona de conforto e assim facilitará o sucesso em novos desafios.

8- Ouça com atenção

Saiba a importância de ouvir o outro idioma!  O som pode parecer um pouco esquisito quando escuta a primeira vez, e quanto mais contato você tem, mas comum e familiar fica esse som. À partir de um momento, se torna não só mais fácil de ouvir, mas também de ser falado. Alguns sons não são parecidos em outras línguas, como por exemplo o “r” no inglês e no espanhol! O ouvir te dá oportunidades de detectar diferenças e até manias do próprio idioma e aplicar depois na sua fala para ser mais natural e comum.

9- Observe as pessoas falarem

Diferentes movimentos na garganta, língua e lábios são exigidos em cada idioma. A pronúncia é um aprendizado mais físico do que mental. Para aperfeiçoar isso, é necessário que você observe pessoas falando, gesticulando e assim, buscando novas ferramentas para aprimorar sua própria fala. Caso não consiga observar alguém conversando pessoalmente, procure assistir filmes e séries, ou até mesmo procurar vídeos no YouTube de pessoas que falam a língua estudada.

10- Fale sozinho

Você vai pagar um pouco de doido, mas falar sozinho nessas situações é essencial!
Isso só é válido se você não tem ninguém para conversar. Caso tenha, é melhor ter alguém para te ajudar a identificar os erros do que você ter esse “trabalho” sozinho.

Porém, o falar sozinho é um passo para aumentar sua confiança e melhorar sua dicção, para quando for conversar com alguém, o papo ser mais fácil.

Gostou das nossas dicas? Hora de praticar e aprender um novo idioma para aumentar as suas experiências de vida e de currículo.

Publicado por: Eveline